Loading...

30 de maio de 2010

RESUMO DOS JORNAIS: ESTADÃO




Manchete: Brasil é o principal destino de agrotóxico banido no exterior

País usa 10 produtos proscritos na UE, nos EUA e até no Paraguai por ameaça à saúde

Campeão mundial de uso de agrotóxicos, o Brasil tornou-se o principal destino de produtos banidos em outros países, informa a repórter Lígia Formenti. Nas lavouras brasileiras são usados pelo menos 10 produtos proscritos na União Europeia, nos EUA e no Paraguai. O governo não consegue levar adiante com rapidez a reavaliação dos produtos, etapa indispensável para restringir o uso ou retirá-los de um mercado que, no total, movimentou US$ 7,12 bilhões em 2008. Desde que, em 2000, foi criado na Anvisa o sistema de avaliação, quatro substâncias foram banidas. Em 2008, nova lista de reavaliação foi feita, mas por pressões políticas e ações na Justiça pouco se avançou. Enquanto decisões são adiadas, o uso de agrotóxicos sob suspeita de provocar danos à saúde aumenta no País. (pág. 1, Vida e pág. A23)

Especial - Um retrato do eleitor brasileiro

Nos últimos meses, o Estado percorreu 12.980km, de avião e de carro, em busca de grupos de pessoas que, juntos, representam o mosaíco da extraordinária diversidade de tipos humanos e condições socioeconômicas do Brasil. O objetivo era saber como se forma o voto na mente do eleitor brasileiro e quais suas motivações. No País heterogêneo, há algo comum a todos: os olhos estão voltados para o futuro. (pág. 1 e Caderno Especial)

Eleitorado do Norte é o que mais cresce no País

O colégio eleitoral que mais cresce no Brasil é o da Região Norte, que ainda não recebeu a visita dos dois principais pré-candidatos à Presidência. Desde as eleições de 2006, aumentou 11,2% e superou o do Centro-Oeste, que agora está no último lugar do ranking, apesar de ter crescido 7,8%. Os Estados onde o número de eleitores mais subiu são nortistas: Amapá, Pará, Roraima, Amazonas e Acre. O Sul é a região que mais vem perdendo participação. (pág. 1, Nacional e pág. A4)

Depois de dobrar preço, Vale reajusta minério em 35%

Três meses depois de dobrar o preço do minério de ferro, a Vale vai aplicar um novo reajuste, na casa dos 35%, informa o repórter David Friedlander. O novo preço passa a vigorar em 1º de julho. O faturamento da empresa deve dobrar, fechando o ano em mais de US$ 40 bilhões. O impacto do aumento chegará a produtos como carros e eletrodomésticos. (pág. 1, Economia e pág. B1)

Colômbia escolhe sucessor de Uribe

A Colômbia vota hoje para escolher o sucessor do presidente que resgatou o país da guerrilha. A disputa será acirrada, relata a enviada especial Ruth Costas. (pág. 1, Internacional e pág. A16)

Navios enfrentam saga burocrática em Santos. (pág. 1, Economia e pág. B5)

Dora Kramer - Trancos e barrancos

PT e PMDB brigam como cão e gato, mas na campanha eleitoral estão fadados à convivência estreita. (pág. 1, Nacional e pág. A8)

Suely Caldas - A novela da Previdência

O próximo governo poderia usar o fundo do petróleo do pré-sal para cobrir o rombo da Previdência. Vale a pena tentar. (pág. 1, Economia e pág. B2)

Leôncio Martins Rodrigues - "Novo" sindicalismo

Abandonados por seus padrinhos, os funcionários públicos aprenderam rapidamente a se defender por si mesmos. (pág. 1, Espaço Aberto e pág. A2)

Notas & Informações
O longo rescaldo da crise

Quem vencer a eleição terá de comandar o País num mundo bem menos hospitaleiro. (págs. 1 e A3)

Primeira Página
Brasil é o principal destino de agrotóxico banido no exterior
Um retrato do eleitor brasileiro
Eleitorado do Norte é o que mais cresce no País
Depois de dobrar preço, Vale reajusta minério em 35%

Editorial
O longo rescaldo da crise
O controle externo das polícias
Contra o excesso de impostos
O déficit do INSS cresceu em relação ao PIB
Fala dos eleitores revela o que estatística não mostra

Espaço Aberto
Sindicalismo de funcionários :: Leônico Martins Rodrigues
Reforma do Estado? Viva! :: Gaudêncio Torquato

Colunas
Dora Kramer
Alberto Tamer
Ethevaldo Siqueira
Direto da Fonte :: Sonia Racy

Opinião
Unilateralismo agrava crise econômica :: Gustavo Loyola
Um projeto para a Previdência :: Suely Caldas
Nova geografia econômica :: José Roberto Mendonça de Barros

Nacional
Norte supera Centro-Oeste em ranking do eleitorado e Sul perde participação
Riquezas minerais influenciam a geografia do voto
Reforma tributária impõe derrota a mais um presidente
Desafio é harmonizar a cobrança do ICMS
Serra mira política externa
Marina questiona antecipação da campanha eleitoral
Programa contra o estresse
PMDB de Minas ameaça votar contra Dilma
Aliados comemoram Aécio ''só em Minas''
Pesquisa teve influência em decisão
Marta trabalha contra candidatura de Suplicy
Redação de relatório sobre novo caça do Brasil está na fase final, avisa Jobim
Combate ao crime está na pauta de terça-feira
Alencar tem alta, após dois dias internado
Planalto reformado será entregue amanhã

Economia
Depois de dobrar preço do minério em abril, Vale terá novo aumento de 35%
Empresa vende 30% de pelotizadora em Omã
Analistas já veem o País em pleno emprego
Tempo de procura por trabalho cai para 9 meses
Em Santos, 17 toneladas de burocracia
Exportador também cobra porto sem papel
China acelera aquisições no Brasil
Novo consumidor leva 18% dos carros
Mais 8 milhões de famílias já podem pagar as prestações
Brasil vira modelo para a Argentina

Vida&
Brasil se torna o principal destino de agrotóxicos banidos no exterior
Indústria ignora regras sanitárias
Agrotóxicos são a 4ª causa de intoxicação

Internacional
Sucessor de Uribe na Colômbia só será decidido no 2º turno, dizem pesquisas
ONU investiga ação do Brasil no Haiti
Drama de Mohamad: ser opositor e homossexual no Irã
''Ao insistir em enriquecer urânio, Teerã mina sua credibilidade''

Especial
O Brasil olha para a frente
Na Favela do Alemão, eleição ocorre sob o impacto das obras do PAC
Moradora teme que próximo governo pare os trabalhos
Reportagens mostram a voz viva dos eleitores
Em Marabá, queixas de impostos elevados
Opiniões sobre governo estadual influem no voto
Lavradores do sertão da Paraíba dizem que a vida melhorou
Produtores rurais responsabilizam governo por invasões de terras
''Lula é o pai da Nação'', definem moradores da caatinga
Classe emergente festeja progressos
Periferia de Curitiba sente boom de trabalho
Gestão e corrupção preocupam eleitores de classe alta de Brasília
Agricultores familiares aprovam programas, mas cobram preço mínimo
Para eles, problemas se agravaram nos últimos anos
Classe média alta de SP critica interrupção das reformas
Elogios a Lula e votos em Serra em Ribeirão
Críticas e elogios se equilibram em SP
Corrupção e ineficiência desiludem paulistanos

Aliás
Serra, Aécio e patriotismo
A chuva que faz o mar




Nenhum comentário: