Loading...

30 de maio de 2010


Manchete: Sanções ameaçam o mundo

Ex-chefe da Agência Internacional de Energia Atômica critica ação dos EUA
Para o egípcio Mohamed El Baradei, último encarregado de zelar pelo cumprimento dos tratados e acordos que regem a energia nuclear no âmbito das Nações Unidas, a pressão das potências contra a negociação com o Irã continuará sendo contraproducente. Em entrevista exclusiva à editora de Internacional do JB, Joana Duarte, o ex-diretor da Agência Internacional de Energia Atômica e Prêmio Nobel da Paz (2005) é pessimista quanto à eficácia de novas sanções contra o país persa, apesar das reservas que seus próprios técnicos já manifestaram quanto à transparência dos irarianos nas verificações obrigatórias do programa nuclear. E faz um vaticínio: "Tais medidas é que podem acabar dividindo o mundo". (pág. 1, Internacional e págs. A18 e A19)

Segurança farta para candidatos

A Polícia Federal prepara um megaesquema de segurança para os candidatos à Presidência. O aparato terá 40 policiais fixos, e apoio de outras 27 superintendências regionais nas visitas aos estados. (págs. 1 e A6)

Artigos
Hidrelétricas e movimentos sociais :: Humberto Viana Guimarães

Primeira Página
Sanções ameaçam o mundo
Segurança farta para candidatos

Editorial
As relações e os estremecimentos

Colunas
Coisas da Política :: Mauro Santayana
Informe JB :: Leandro Mazzini
Anna Ramalho

Opinião
Serra e a morte de Deus :: Gilson Car oni Filho

País
Os anjos da guarda estão a postos
Delegados ganharam a confiança dos eleitos

Economia
Bancos nas entranhas do cassino cambial

Internacional
Sanções vão polarizar hemisférios, diz o nobel Mohamed ElBaradei

Ciência e Tecnologia
O papel das reservas florestais


Nenhum comentário: