Loading...

29 de maio de 2010

RESUMO DOS JORNAIS: ESTADÃO


Manchete: EUA: acordo obtido pelo Brasil no Irã é ‘inaceitável’

Amorim ‘sabia perfeitamente’ que acerto com Teerã não excluiria a adoção de sanções, diz Washington

O governo americano afirmou que o acordo costurado pelo Brasil e pela Turquia com o Irã é "inaceitável" e que a carta enviada pelo presidente Barack Obama ao presidente Lula não consistia de "instruções para negociação". Contradizendo a versão do Itamaraty, Washington afirmou que o chanceler Celso Amorim "sabia perfeitamente" que o acordo de troca de combustível com o Irã, fechado no dia 17 de maio, não levaria os EUA a desistir das sanções contra Teerã. Na versão de Amorim, os americanos nunca disseram que rejeitariam qualquer acordo que não contivesse a garantia de que o Irã pararia de enriquecer urânio. Mas o governo americano disse que Amorim e Lula foram informados "inúmeras vezes" dessa condição. "É importante adotarmos uma resolução na ONU. O acordo não resolve as questões centrais", disse uma autoridade dos EUA. (págs. 1 e Internacional, A18)

Evo, Lula e a polêmica da coca

Ambos posam juntos para ‘fazer inveja no Serra’, que fez acusação sobre tráfico

Após o Fórum Mundial de Aliança de Civilizações, ontem, no Rio, o presidente Lula abraçou Evo Morales e fez piada com o pré-candidato do PSDB, José Serra, para quem o governo da Bolívia é “cúmplice” do tráfico de cocaína para o Brasil. “Vamos posar aqui; vamos fazer inveja no Serra”, disse Lula. Evo apenas sorriu. Em Olinda (PE), Serra afirmou que o governo boliviano faz “corpo mole” no combate à produção e exportação de cocaína. (págs. 1 e Nacional, A4)

Conexão Bolívia-Brasil

Quase meia tonelada de cocaína foi apreendida ontem em Três Lagoas. Droga seria boliviana. (págs. 1 e Nacional, A4)

Volta do IPI faz indústria parar produção

Provocada pela volta do IPI, a queda neste mês de até 20% nas vendas de eletrodomésticos como fogões, geladeira e máquinas de levar já faz indústrias darem férias coletivas. Sindicatos temem as paralisações. (págs. 1 e Economia, B3)

Rusga entre Colômbia e Venezuela favorece Brasil (págs. 1 e Internacional, A20)

Notas & informações – O contencioso Brasil-EUA

Pela primeira vez em 35 anos, os dois países estão em aberto confronto político. (págs. 1 e A3)

Aviso
Capa da edição de 29/05/2010

Primeira Página
EUA: acordo obtido pelo Brasil no Irã é inaceitável
Evo, Lula e a polêmica da coca
Conexão Bolívia-Brasil
Rusga entre Colômbia e Venezuela favorece Brasil

Editorial
O contencioso Brasil-EUA
Falta pessoal com qualificação
Aprovação automática
Novas normas favorecem as cooperativas de crédito

Espaço Aberto
A censura ao ''Estadão''
Mulheres na política

Colunas
Dora Kramer
Direto da Fonte :: Sonia Racy
Sem Intervalo :: Keila Jimenez

Opinião
A Santa Sé também erra :: José Márcio Camargo
Eleições e reforma tributária :: Clóvis Panzarini

Nacional
Lula abraça Evo e faz provocação a Serra, que reafirma críticas à Bolívia
PF apreende 500 kg de coca
Tucano vê política de segurança como flanco do PT
Governo de La Paz rebate declarações do tucano
Dilma assume compromisso com agricultores
Marina promete destinar à saúde 10% da receita
''Não gravei nada para o programa'', diz Serra
PT quer que DEM e tucano sejam multados pelo TSE
PV dará a largada para as convenções nacionais
Vannuchi refaz crítica a ''setores do governo''
Palanque
Relator da ONU propõe freio à onda de censura

Economia
Fim de incentivo já leva fábrica a dar férias
Panorama Econômico
Empresa faz feirão de fábrica para enxugar estoque
Minério leva IGP-M à maior alta em 22 meses
''Fechar conta externa não é problema''
Crise na Europa é ''preocupante'', afirma Luciano Coutinho
Cristina Kirchner e Lula tentam superar entraves no comércio
Incentivo a carro elétrico divide o governo federal
Ministro de Tecnologia diz que pesquisa continua
Multinacionais brasileiras já investiram mais de US$ 8 bi no exterior este ano
Petrobrás prevê ultrapassar meta de vendas da Gas Brasiliano
Telebrás inibirá investimentos privados, diz Telefônica

Vida&
Ministério da Saúde faz ''operação de guerrilha'' virtual

Internacional
Para EUA, pacto de Teerã é ''inaceitável''
Amorim queixa-se dos que ''violentam consciência'' do País
Potências analisam texto do acordo
Lula e Erdogan criticam países com armas nucleares
Rusga Caracas-Bogotá favorece Brasil
Carta de Obama converte-se em talismã para Itamaraty




Nenhum comentário: