Loading...

31 de maio de 2010

31 DE MAIO, DIA MUNDIA SEM TABACO

Hoje (31) marca o 23º Dia Mundial sem Tabaco, promovido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), cujo tema é "Sexo e Tabaco – Boicote contra Propaganda voltada às Mulheres". A Organização Mundial da Saúde (OMS) escolheu o tema com ênfase no marketing para mulheres, com o objetivo de alertar sobre as estratégias que a indústria do tabaco utiliza para atingir as mulheres e os males que o cigarro causa à saúde e ao meio ambiente.
O Instituto Nacional de Câncer (INCA) desenvolveu campanha com o slogan “Mulher, você merece algo melhor que o cigarro!”. As peças trazem a imagem de flores como um contraponto ao cigarro.
O INCA estima que o tabagismo seja responsável por 40% dos óbitos nas mulheres com menos de 65 anos e por 10% das mortes por doença coronariana nas mulheres com mais de 65 anos de idade. Uma vez abandonado o cigarro, o risco da doença cardíaca começa a decair – após um ano, reduz-se à metade e, após dez anos, atinge o mesmo nível de quem nunca fumou.
Entre as mulheres que convivem com fumantes, principalmente seus maridos, há um risco 30% maior de desenvolver câncer de pulmão em relação àquelas cujos maridos não fumam. Além disso, o risco de infarto , embolia pulmonar e tromboflebite em mulheres jovens que usam anticoncepcionais orais e fumam chega a ser dez vezes maior que o das que não fumam e usam esse método contraceptivo.
As gestantes também devem ficar alertas. Abortos espontâneos, nascimentos prematuros, bebês de baixo peso, mortes fetais e de recém-nascidos, complicações com a placenta e episódios de hemorragia ocorrem mais frequentemente quando a mulher grávida fuma. Tais problemas se devem, principalmente, aos efeitos do monóxido de carbono e da nicotina exercidos sobre o feto, após a absorção pelo organismo materno
Para celebrar a data, Na China serão realizadas diversas atividades, com mensagens ao público, especialmente às mulheres, que se afastem do tabaco.
Em Chansha, capital da província de Hunan, voluntários com vestidos de alerta distribuem folhetos nas ruas sobre a abstenção do tabaco. Em Hangzhou, capital da província de Zhejiang, uma equipe de universitários anda de bicicleta pelo Lago Oeste, divulgando o controle do tabaco aos cidadãos e turistas.
Os Serviços de Saúde de Macau realizaram ontem uma atividade intitulada "Dia Mundial sem Tabaco para 2010 - novas mulheres não-fumantes", pedindo que as mulheres não sejam enganadas pelas propagandas das companhias de tabaco, deixem de fumar, e busquem ajuda.
Hoje, a China tem 350 milhões de usuários de tabaco. Cerca de um milhão de pessoas morrem por ano de doenças relativas ao tabaco

Nenhum comentário: