Loading...

2 de junho de 2010

RESUMO DOS JORNAIS: CORREIO BRASILIENSE


 
Manchete: Após ataque de Israel, ONU exige o fim do bloqueio a Gaza
Considerada desastrosa pela imprensa e por militares israelenses, a operação contra um navio de ativistas pró-palestinos teve efeito inverso: aumentou a pressão pelo fim do embargo à Faixa de Gaza. O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, reforçou o clamor internacional e defendeu a suspensão das restrições impostas por Telavive. Em resposta à ação militar, grupo humanitário atingido por Israel anunciou o envio de mais navios para ajudar os refugiados. No Paquistão, polícia entrou em confronto com manifestantes perto do consulado norte-americano. (Págs. 1, 18, 19 e Visão do Correio, 16)
Terabyte: R$ 1,2 bilhão em contratos suspeitos
O ex-presidente da Codeplan e ex-secretário do governo local Durval Barbosa é o principal citado no relatório final da operação Terabyte, realizada pela Polícia Civil, Ministério Público e TCDF. Segundo as investigações, compras na área de informática lesaram os cofres públicos entre 1999 e 2008. (Págs. 1 e 23)
Passa a bola para o Lula
Com apoio da base aliada, senadores aprovam MP que beneficia servidores, mas aumenta em R$ 2,2 bilhões os gastos do governo. Caberá ao presidente a decisão de vetar ou não a proposta. (Págs. 1 e 2)
2,4 mil vagas com salário de R$ 5,1 mil
Governo federal distribuiu entre nove ministérios e três secretarias os cargos de analistas de políticas sociais, criados em 2009. O concurso vai ocorrer no ano que vem. (Págs. 1 e 13)
Servidor público: União barra reajuste para polícias do DF
O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, descartou para este ano o aumento pedido pelas polícias Civil e Militar e pelo Corpo dos Bombeiros. As categorias pediram correção de 33% nos salários e a proposta chegou a ser enviada pelo GDF ao governo federal. (Págs. 1 e 28)


Nenhum comentário: