Loading...

11 de junho de 2010

LUÍS FABIANO PROMETE FIM DO JEJUM

VEJA

O principal responsável por marcar gols pela seleção brasileira chega à Copa do Mundo com uma cobrança maior. Afinal, Luís Fabiano reconheceu nesta sexta-feira que está incomodado com a série de cinco jogos sem balançar as redes defendendo a camisa verde e amarela.

"Realmente estou passando por um jejum, mas, para quem tem fome de gols, isso não vai atrapalhar em nada. Estou bem tranquilo. Nos dois últimos amistosos, o objetivo era outro, apesar de marcar gol ser importante. Eu queria ver como me sentia depois da lesão. O importante mesmo é a seleção ganhar o jogo e começar bem, com o pé direito", afirmou o atleta, que tem confiança em desencantar na África do Sul.

"Não é a primeira e nem será a última vez que vou passar um tempo sem fazer gols, mas tenho tudo para marcar na Copa do Mundo. Depois do primeiro, sairão vários outros", confia.

A última vez em que Luís Fabiano deixou sua marca foi no triunfo por 3 a 1 sobre a Argentina, em 5 de setembro do ano passado. De lá para cá, o centroavante atuou nos compromissos diante de Venezuela, Omã, Inglaterra, Zimbábue e Tanzânia, mas não anotou tentos.

Depois de superar problemas musculares que atrapalharam seu fim de temporada europeia, o camisa 9 do Brasil acredita que está em condições de provar seu poder de fogo na Copa do Mundo.

"Sinceramente, estou totalmente recuperado e muito feliz pelo trabalho feito pelos fisioterapeutas (Luiz) Rosan e Odir (Cunha). Agora, é a hora da verdade e vou mostrar que realmente estou bem, vou jogar como antes e mostrar que estou totalmente recuperado", afirmou.

Enquanto aguarda a estreia do Brasil na Copa do Mundo, na terça-feira, o ex-são-paulino aposta em um passatempo para tentar controlar a ansiedade em acabar logo com o jejum.

"É chato viu, mas é normal. É uma coisa que incomoda até no treino, mas não faço nada de especial, apenas insisto, nos treinos e nos jogos. Uma hora ela vai entrar. Fico vendo DVD de gols meus para matar a saudades", finalizou.



Nenhum comentário: