Loading...

16 de junho de 2010

BRASIL ESTREIA COM VITÓRIA E LIDERA GRUPO G


Começou com vitória a caminhada brasileira rumo ao hexacampeonato mundial na África do Sul. Ainda que o futebol da seleção não tenha sido brilhante e envolvente como gostaria a torcida, o Brasil superou a ansiedade da estreia e não teve grandes dificuldades para derrotar a Coreia do Norte por 2 x 1, ontem, no Estádio Ellis Park, e assumir a liderança do Grupo G, beneficiado pelo empate por 0 x 0 entre Costa do Marfim e Portugal.
O resultado manteve a sequência de vitórias brasileiras em estreia em Copas do Mundo. Agora são oito, mas nenhuma delas por goleada. O gol de Maicon, que abriu o placar, quebrou dois tabus. Desde 1954, com Djalma Santos, um camisa 2 da Seleção não marcava em Mundiais e desde 1986, com Josimar, um lateral-direito brasileiro não balançava as redes adversárias.
Desde o início, o Brasil dominou a partida e manteve a posse de bola. Com boa movimentação pelo meio e usando bem as duas laterais, a equipe brasileira chegava tranquilamente à área adversária.O atacante Robinho, num dos primeiros lances, mostrou sua habilidade para superar a marcação.
Se chegava bem até a área coreana, a Seleção Brasileira, no entanto, não conseguia penetrar com a bola dominada, já que duas linhas de quatro defensores protegiam o gol de Ri Myong Guk. A solução, então, foi tentar chutes de média distância. O armador Elano, da entrada da área, arriscou um que saiu por cima. Em outra tentativa, Maicon obrigou o goleiro a espalmar para fora.
Ofensivamente, a Coreia do Norte também não era ameaçava. Em algumas oportunidades, com muita velocidade, chegava à defesa brasileira, mas sem levar preocupação ao goleiro Júlio César. Apesar do domínio brasileiro, no entanto, a situação não se alterou. Mesmo com maior posse de bola e controle total da partida (foram 66% x 34% no primeiro tempo), a equipe do técnico Dunga não conseguiu abrir o placar antes do intervalo.
A pressão aumentou no início do segundo tempo. Na primeira chance, Michel Bastos, que havia arriscado algumas finalizações na etapa inicial, cobrou, com perigo, falta sofrida por Kaká, próxima à meia-lua. Depois, foi Robinho quem deu um belo chute. Finalmente o placar foi aberto, aos 10 minutos, com Maicon. Após o gol, a Coreia do Norte adiantou sua marcação e facilitou o jogo para a Seleção Brasileira, que ampliou aos 26 minutos, com um belo gol de Elano. Nos minutos finais, a Coreia se empolgou e até conseguiu diminuir aos 43. Mas a vitória na estreia já estava garantida para a equipe de Dunga, completando a festa dos torcedores brasileiros no Ellis Park
Equipes: Brasil: Julio César; Maicon, Lúcio, Juan e Michel Bastos; Gilberto Silva, Felipe Melo (Ramires), Elano (Daniel Alves) e Kaká (Nilmar); Robinho e Luis Fabiano. Técnico: Dunga. Coreia do Norte: Ry Myong-Guk; Cha Jong-Hyok, Pak Chol-Jin, Pak Nam-Chol, Ri Jun-Il e Ri Kwang-Chon; An Yong-Hak, Mun In-Guk (Kim Kum-Il) e Ji Yun-Nam; Hong Yong-Jo e Jong Tae-Se. Gols: Maicon aos 10 minutos e Elano, aos 26 minutos do segundo tempo.Técnico: Kim Jong-Hun. Árbitro: Viktor Cassai (Hungria)
O técnico Kim Jong-hun que ficara de boca fechada e sempre evitou contato com os jornalistas depois da estreia, soltou o verbo e mandou a modéstia para escanteio, na entrevista coletiva obrigatória..
- "Meu time merecia melhor sorte", afirmou o treinador, sem rodeios, "Poderíamos ter obtido pelo menos o empate."

Nenhum comentário: