Loading...

1 de junho de 2010

OLIVER STONE SE REÚNE COM DILMA EM BRASÍLIA


 

Stone chegou ontem à noite ao Brasil para divulgar seu novo filme "Ao Sul da Fronteira",
O cineasta norte-americano Oliver Stone se reuniu, hoje de manhã, no Lago Sul em Brasília com a candidata petista Dilma Rousseff. O encontro foi na mansão cinematográfica que é a sede de seu comitê eleitoral da ex-ministra. O encontro, segundo informou sua assessoria, foi informal.
Stone está no Brasil para promover seu filme "Ao Sul da Fronteira", um documentário que retrata figuras da esquerda da América Latina, como o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o venezuelano Hugo Chávez.
O documentário exibe declarações de vários líderes esquerdistas latino-americanos, e serve para promover a figura de Chávez. Lula aparece numa ponta da película, juntamente com outros tipos curiosos que comandam países alinhados à esquerda na América Latina. São eles, o presidente equatoriano, Rafael Correa; o cubano, Raúl Castro; o boliviano, Evo Morales; a argentina, Cristina Kirchner.
O cineasta passou duas horas retido na noite de ontem no aeroporto de São Paulo porque não tinha visto para entrar no país, mas graças a interferência direta do chanceler Celso Amorim, o ministro da Justiça mandou a Polícia Federal permitir a entrada do cineasta e de sua equipe no país, mesmo sem o visto de entrada. Atendendo a recomendação, ou seja, ordens de Brasília, a Polícia Federal lhe deu uma permissão para permanecer no país até sete dias.
O longa teve uma modesta performance nos EUA, a expectativa é basicamente a mesma para o mercado brasileiro, o que será compensado com a exibição da película em rede patrocinada pela rede pública.

Nenhum comentário: