Loading...

7 de junho de 2010

TANZÂNIA: ÚLTIMO TESTE PARA BRASIL




A seleção da Tanzânia, 106 colocada no ranking da Fifa, dirigida por um brasileiro (Márcio Máximo) enfrenta o Brasil, hoje, às 12 horas de Brasília (18 h local), no último teste antes da estreia na Copa, contra a Coreia do Norte, dia 15.
A fraca seleção da Tanzânia, menos de 24 horas depois de ser derrotada por Ruanda, jogando em casa, em Dar Es Salaam, terá o apoio de quase 60 mil fãs.
O jogo desperta curiosidade e a pergunta que não se cala. Esse jogo interessa para alguém? Claro que interessa. O Brasil vai ganhar uma grana preta: 4 milhões de reais. Outro aspecto não deve ser ignorado, a comissão técnica da CBF não gostaria de  enfrentar um time mais forte às vésperas do Mundial. A seleção da Tanzânia é a equipe ideal para um jogo com a seleção brasileira antes da partida de  estréia na Copa. Será a última chance para ganhar ritmo e fazer acertos. É o último teste da seleção   antes da Copa do Mundo.
O voo de Johanesburgo até a maior cidade tanzaniana levou três horas e vinte minutos. O desembarque ocorreu já no início da madrugada e o retorno à África do Sul ocorrerá apenas duas horas após a partida. A seleção brasileira demorou 15 minutos para deixar o aeroporto internacional de Dar Es-Salaam e se refugiar em seu hotel na Tanzânia
Dunga deve ter gostado da recepção calorosa. Seu nome foi gritado por um grupo de torcedores no saguão. Foi tudo muito rápido. Kaká e Lúcio foram os únicos reconhecidos. A chegada não levou mais de cinco minutos, tempo suficiente para ver os jogadores, tirar fotos e se dispersar. Não houve incidentes..
Discretos. A viagem de 3h20 de Johannesburgo até Dar Es-Salaam foi caracterizada pelo que Dunga mais tem falado na África do Sul: privacidade. Nem mesmo as comissárias de bordo do voo sentiram-se à vontade para pedir autógrafos.
Primeiro, elas falaram com os seguranças, depois com Jorginho e, por fim, com Américo Farias. Não queriam incomodar.

Nenhum comentário: