Loading...

8 de junho de 2010

RESUMO DOS JORNAIS: VALOR ECONÔMICO



Manchete: NE oferece 30% dos novos empregos na construção

Em ebulição, a indústria da construção civil cresce a taxas chinesas no Nordeste, resultado da combinação entre crédito farto, déficit habitacional elevado e crescentes investimentos em infraestrutura. O bom momento, no entanto, vem acompanhado de uma grave crise na oferta de mão de obra, o que já está se traduzindo em perdas para algumas empresas. Faltam pedreiros, pintores, carpinteiros, eletricistas, engenheiros e até estagiários. A região responde por três em cada dez empregos gerados no setor em todo o país, enquanto o consumo de cimento nos nove Estados cresceu em média 9,3% ao ano entre 2006 e 2009, muito acima da média nacional de 5,9%.

O mercado da construção no Nordeste deve continuar aquecido nos próximos anos. Além das boas perspectivas para o segmento residencial, puxado pelo programa Minha Casa Minha Vida e pelo aumento do crédito imobiliário, a região abrigará três sedes da Copa do Mundo de 2014, o que deverá gerar investimentos importantes em Fortaleza, Recife e Salvador. (Págs. 1 e A12)

Operação de bancos é 20% pela internet

Ao completar 15 anos de funcionamento, as transações bancárias pela internet no país já respondem por 20% de todas as 47 bilhões de operações feitas nos bancos, o dobro do volume de seis anos atrás. O número de operações on-line só perde para os realizados em caixas eletrônicos (ATMS). Existem, ao todo, 35 milhões de contas correntes que apresentam movimentação regular pela internet.

Apesar desse avanço, pesquisa sobre os hábitos dos internautas no país em 2009 mostra que apenas 14% costumam realizar transações pelos sites dos bancos. O percentual recuou em relação aos 18% registrados em 2005, refletindo o desafio dos bancos para conquistar o novo internauta das classes mais baixas. (Págs. 1 e C1)

Oferta da Petrobras pode superar a de banco chinês

A oferta pública inicial de ações do Banco Agrícola da China provavelmente levantará muito menos que os US$ 30 bilhões estimados inicialmente e que configurariam a maior operação do gênero no mundo. Agora, a expectativa é de captar pouco mais de US$ 20 bilhões, menos que o Banco Industrial e Comercial da China captou em 2006 - US$ 22 bilhões.

Além do momento ruim - o mercado acionário chinês caiu cerca de 20% desde meados de abril, devido a preocupações generalizadas com a economia do país -, o Agrícola é o último dos grandes bancos estatais chineses a abrir seu capital e é considerado a mais fraca das instituições financeiras no país. (Págs. 1, D2 e D4)

Foto legenda: Sem café pequeno

A Melitta quer aumentar em mais de 50% sua receita no Brasil nos próximos sete anos e acirrar a disputa com a líder de mercado, Sara Lee, diz seu presidente, Bernardo Wolfson. (Págs. 1 e B12)

CVM vê fraude na compra da GVT por Vivendi

A Vivendi está sendo acusada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) por irregularidades cometidas na aquisição da GVT, realizada em novembro. A operação foi inovadora no mercado brasileiro e as brechas utilizadas pelo grupo francês para vencer a disputa com a Telefónica levaram a autarquia a rever a regulamentação sobre essas operações.

Após investigação internacional, a CVM concluiu que a transação foi fraudulenta. A Vivendi também é acusada por falha na comunicação aos investidores, que resultaram em manipulação do mercado. Procuradas, CVM e Vivendi não comentaram o assunto. (Págs. 1 e D9)

Oi aceita PT, mas quer ter reciprocidade

A Oi está aberta à entrada da Portugal Telecom (PT) em seu capital desde que a participação seja minoritária e recíproca, o que quer dizer que a companhia brasileira adquiriria uma parcela da empresa portuguesa. A PT analisa oferta de € 6,5 bilhões feita pela espanhola Telefónica por sua participação de 50% no controle da operadora móvel brasileira Vivo. A negociação com a Oi só será levada adiante se os portugueses fecharem um acordo com os espanhóis.

O controle e a gestão da Oi estão fora da negociação, segundo apurou o Valor, embora executivos que representam a empresa portuguesa venham reforçando o interesse em tocar a operação brasileira. A negociação, se levada adiante, deverá resultar na venda de uma parcela minoritária da Telemar Participações. (Págs. 1 e D1)

Livro eletrônico começa a mudar a indústria editorial (Págs. 1 e B7)

Comissão de Inquérito do Congresso dos EUA aumenta pressão sobre Goldman Sachs (Págs. 1 e C3)

Jean-Claude Juncker detalha o pacote de socorro aos mercados europeus (Págs. 1 e C2)

Salários mais altos na China
Aumentos salariais na China devem elevar os preços das exportações do país e afugentar investidores. Por outro lado, podem melhorar o consumo interno e equilibrar um pouco mais a economia local. (Págs. 1 e A8)

Dualidade aérea

Empresas aéreas internacionais deverão encerrar o ano com lucro conjunto de US$ 2,5 bilhões. Na Europa, setor deve ter prejuízo de US$ 2,8 bilhões. (Págs. 1 e B4)

Campo fértil

Produtos de marca própria têm boa aceitação pelo consumidor brasileiro, mas potencial do segmento ainda é pouco explorado pelos varejistas. (Págs. 1 e B5)

Avanço dos importados

O aumento do poder aquisitivo e da oferta de crédito, a taxa de câmbio favorável e a crise nos países ricos favorecem as vendas de automóveis importados no mercado brasileiro. (Págs. 1 e B8)

Negócios do petróleo

A Lupatech fechou mais dois contratos com a Petrobras no valor de R$ 1,4 bilhão nos próximos cinco anos. A área de petróleo responde por 70% da receita do grupo. (Págs. 1 e B8)

Equipamentos para construção

O grupo Megga, maior importador de máquinas-ferramenta do Brasil, fecha parceria com a chinesa Lonking para a venda de equipamentos para construção pesada. (Págs. 1 e B9)

Elevação do suco

Perspectivas de que o Brasil colherá nesta temporada sua pior safra de laranja em sete anos deve impulsionar as cotações do suco nos próximos meses. (Págs. 1 e B12)

Alternativas de crescimento

A gestora de recursos do Santander foca sua atuação em produtos mais estruturados, como os fundos de capital protegido, e na ampliação do braço "offshore", diz a diretora-executiva da asset, Luciane Ribeiro. (Págs. 1 e D3)

Receita mira paraísos fiscais

A Receita Federal ampliou de 53 para 73 o número de países classificados como paraíso fiscal. Operações realizadas com esses destinos têm tributação maior. (Págs. 1 e E1)

Ideias
Delfim Netto
Futuro da moeda comum europeia está ameaçado e é preciso salvá-la aprofundando a integração na zona do euro. (Págs. 1 e A2)

Ideias
Charles A. Kupchan
Cessar o diálogo com o governo do Irã sobre seu programa nuclear seria um equívoco perigoso e precipitado. (Págs. 1 e A11)

Primeira Página
NE oferece 30% dos novos empregos na construção
Operação de bancos é 20% pela internet
Oferta da Petrobras pode superar a de banco chinês

Editorial
Crédito do BNDES avança na inércia do mercado de capitais

Opinião
Educação: quem se candidata às reformas? :: João Batista A. Oliveira
Por que falar com o Irã? :: Charles A. Kupchan

Colunas
Antonio Delfim Netto
Raymundo Costa
Eduardo Campos
Daniele Camba

Política
CNMP abre processo contra procurador-geral do DF
Adesão do PMDB pouco afetou apoio parlamentar
Aliança com o PMDB garante palanque para Dilma em Minas
PT vai à Justiça contra declarações de Serra
Alianças são desfavoráveis a Costa e Pimentel
Ameaça tucana
Curtas

Brasil
Indústria farmacêutica precisa investir mais em pesquisa, dizem especialistas
Acesso a medicamentos ainda é limitado no país
BC irá além do PIB para definir taxa de juro
Custo de cesta básica cai em 12 de 17 capitais pesquisadas
MEC abre inscrições para federais
Centro-Oeste e Sul também podem ter usinas nucleares
País pode ter crescido a um ritmo entre 10% e 14% ao ano no 1º tri
Cai volume de produção da indústria de SP
Lupi espera mais 280 mil vagas em maio
Desmate na AM tem queda de 48%

Internacional
Curta

Especial
Crédito sustenta expansão da construção no Nordeste
Mão de obra é o principal gargalo e afeta custos

Empresas & Tecnologia
Setor aéreo revê projeção e espera lucro de US$ 2,5 bilhões neste ano
No Brasil, expectativa de resultados positivos
Lupatech fecha dois contratos com Petrobras
Falta de áreas inibe operação das pequenas petroleiras
Escassez de recursos para investir aproxima as novatas
Telemedicina reduz custo para atender pacientes

Finanças
Internet tem 20% das transações
Entre internautas, só 14% acessam banco

Investimentos
Portugal Telecom e Oi estudam participação recíproca
Vivo e Telefônica voltam às origens

Agronegócios
Lideranças esperavam mais do Plano de Safra
Incertezas no Brasil afetam as ações da Shree Renuka
Cutrale ratifica cenário de alta para o suco

Legislação & Tributos
Estado não pode reter produto com benefício
Empresas questionam autuações tributárias
Receita amplia lista de paraísos fiscais


Nenhum comentário: