Loading...

7 de junho de 2010

RESUMO DOS JORNAIS: O GLOBO





Manchete: Novo código prevê sentença única para casos iguais

Senado recebe amanhã anteprojeto que acelera processos na Justiça
O anteprojeto do novo Código de Processo Civil, que será entregue amanhã ao Senado, aposta na redução do número de recursos e na força da jurisprudência para dar mais agilidade aos processos judiciais. Elaborado por uma comissão de juristas, ele prevê que uma decisão dos tribunais superiores valerá automaticamente para milhares de ações do mesmo tipo. Isso reduzirá em 70% os chamados processos de massa - por exemplo, sobre cadernetas de poupança. "Com o novo código, uma decisão vai acabar com todas as outras ações", diz o ministro do Superior Tribunal de Justiça Luiz Fux, membro da comissão. Na 1ª instância, só será permitido um recurso. Já as custas de um recurso perdido serão pagas por quem o impetrou. (Págs. 1 e 3)

Dossiê afasta Pimentel da campanha de Dilma

Em meio à crise do dossiê, o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel será afastado do comando da campanha da petista Dilma Rousseff, e o grupo de Antonio Palocci se fortalece. Veio de Pimentel a indicação de Luiz Lanzetta, responsável pela montagem de um suposto dossiê contra tucanos. Lanzetta deixou a campanha. O PT mineiro insiste em lançar Pimentel ao governo do Estado, mas a Executiva nacional deve vetar o nome dele e apoiar Hélio Costa (PMDB). (Págs. 1 e 4)

Dependência do petróleo é risco à economia do RJ

Com 18% da economia concentrados no setor de petróleo, o Rio pode ver sua indústria andar para trás por causa da dependência da exploração da camada do pré-sal. Estudo da Secretaria de Fazenda mostra que até a mão de obra especializada tende a migrar para o segmento, deixando à míngua outras atividades. A alternativa, aponta o estudo, é a criação de um fundo gerido pelo governo estadual, cujo papel seria amortecer flutuações do preço do petróleo. (Págs. 1 e 19)

Israel rechaça uma apuração independente

A proposta da ONU para uma apuração independente sobre o ataque ao navio turco, que deixou nove mortos, não foi aceita por Israel. EUA e França pressionam o governo de Benjamin Netanyahu a acatar a investigação. (Págs. 1 e 24)

Escola de Beira-Mar virou abrigo

A rígida escola municipal em Caxias onde Fernandinho Beira-Mar estudou hoje serve de abrigo para famílias sem teto, mostra mais uma reportagem da série "O X da questão", sobre os desafios de educar em áreas de risco. (Págs. 1 e 10)

Primeira Página

Novo código prevê sentença única para casos iguais
Dossiê afasta Pimentel da campanha de Dilma
Dependência do petróleo é risco à economia do RJ

Editorial
Cerco ao contribuinte

Opinião
Sem tutela :: José Sacido Barcia Neto (Zé Neto)
A impunidade dos crimes sexuais :: Márcia Acioli
Modernos samurais :: William de Oliveira

Colunas
Ricardo Noblat
Ancelmo Gois


O País
Mais velozes e mais justos
'O juiz não deve aplicar a lei cegamente'
Pimentel será isolado da campanha de Dilma
Em Minas, acordo com PMDB emperra
Após convenção, petista tem agenda internacional


Economia
Rio entre céu e inferno do pré-sal


Rio
Policiais do Rio vão à África do Sul observar segurança





Nenhum comentário: