Loading...

3 de junho de 2010

RESUMO DOS JORNAIS: CORREIO BRASILIENSE


Manchete: Vitória do consumidor nos planos de saúde

Lentamente, os usuários de planos de saúde conquistam melhorias no atendimento. Duas ações promovidas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) dão mais chances ao consumidor de buscar tratamento adequado. A medida imediata começa segunda-feira, quando entra em vigor o novo rol obrigatório de serviços oferecidos pelas administradoras. A lista amplia a cobertura de procedimentos médicos e o número de consultas. Para outubro, o governo negocia facilidades ao cliente na troca de operadora. A advogada Daniela Tratel, do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), elogia as mudanças, mas alerta que faltam benefícios. “São conquistas depois de muita luta e ações judiciais. Mesmo assim, a maioria dos transplantes, por exemplo, ainda ficou de fora”, comentou, referindo-se à cobertura dos serviços de saúde. (Págs. 1, 10 e 11)

Israel diz que reação mundial ao ataque é hipócrita (Págs. 1 e 22)

Corpus Christi: Celebração nas 122 paróquias

A festa católica, este ano, será descentralizada pelas igrejas do DF. Mas a comunidade jovem confeccionará o tradicional tapete na Catedral, a partir das 6h30. (Págs. 1 e 3)

Caixa de Pandora: Gazeteiros podem salvar Eurides

A cassação da deputada por falta de decoro já teria o apoio de 13 distritais. Mas a ausência de parlamentares na sessão pode mudar o destino da votação a favor da peemedebista. (Págs. 1 e 34)

Primeira página
Vitória do consumidor nos planos de saúde

Opinião
Visão do Correio :: Violência policial segue impune
Agenda para crescer mais e melhor :: Robson Braga de Andrade

Colunas
Brasília-DF :: Luiz Carlos Azedo
Nas Entrelinhas :: Alon Feuerwerker
Brasil S/A :: Antônio Machado

Política
A maquiagem do PAC
Falta apenas jogar a toalha
Dilma se equilibra entre dois palanques em Goiás
Danos ao processo eleitoral
Corporativismo ameaçado

Economia
Consumidor amplia poder
TST corta o ponto de servidores em greve
Garimpo eletrônico
De olho na inflação

Brasil
Vacinação fica nas mãos dos estados

Mundo
Informe da ONU critica impunidade






Nenhum comentário: