Loading...

2 de agosto de 2011

ROSSI REAJE E DIZ QUE SÃO "MENTIRAS" ACUSAÇÕES NA AGRICULTURA

Ministro diz que Oscar Jucá Neto tentou transformar uma irregularidade que ele cometeu em fato político


O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, rebateu nesta segunda-feira as acusações sobre sua gestão à frente da pasta e classificou de "mentiras" as denúncias feitas por um ex-diretor da Conab, que disse ter recebido uma oferta de propina para se calar sobre casos de irregularidades no órgão.

Além de reagir às afirmações dadas à revista "Veja" por Oscar Jucá Neto, ex-diretor financeiro da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e irmão do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), Rossi disse ter pedido a líderes de seu partido, o PMDB, que não dificultem investidas da oposição para que ele vá ao Congresso dar explicações.

"Pego em um flagrante irregularidade grave e tendo sido responsabilizado por isso, ele tentou transformar um caso administrativo, em que todas as providências foram tomadas, em um grande caso político", disse o ministro em entrevista, de acordo com informações da Agência Brasil

Jucá Neto foi demitido de seu posto na Conab, na semana passada, após ser alvo de denúncias de irregularidades publicadas na mesma revista.

O ministro negou que o episódio tenha criado problemas com o líder governista. Ele disse que Romero Jucá apenas lhe falou "que tomasse as providências que achasse conveniente e que, se possível, minimizasse os danos para o irmão dele, o que é natural".



Nenhum comentário: