Loading...

2 de agosto de 2011

Resumo dos Jornais: O CORREIO BRASILIENSE

Primeira página



Manchete: Obama impede calote, mas recessão ameaça

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, obteve uma vitória parcial na tentativa de sanar a maior economia do mundo. Um acordo entre democratas e republicanos na Câmara dos Deputados elevou o limite da dívida pública em US$ 2,1 trilhões, de forma a permitir que o governo norte-americano tenha condições de honrar compromissos financeiros, como o pagamento de salário de servidores e de juros aos credores internacionais. A proposta aprovada na Câmara será votada hoje no Senado, com previsão de novas dificuldades para Obama, que enfrenta resistência até entre os colegas de partido. Além da batalha para evitar o calote, a Casa Branca tem outro grave problema: a iminente recessão. O pessimismo com uma desaceleração nos EUA se disseminou pelos mercados, que registraram uma queda generalizada nas bolsas. Em Minas, o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, disse que o Brasil está preparado para encarar a crise internacional. (Págs. 1, 10 e 11)

Fim do “eu não sabia”

Dilma exige que ministros prestem contas de todas as irregularidades cometidas ou denunciadas em suas pastas. (Págs. 1 e 2)

Esperança contra o descaso
Vyviane e Marcos ainda buscam razões para retomar a vida após a perda dos dois filhos num acidente, drama revelado pela repórter Lilian Tahan. Após sete meses de espera, um laudo que será divulgado hoje deve ajudar nas apurações sobre as causas do acidente, ocorrido em Goiás. O sofrimento do casal comoveu os leitores do Correio, que enviaram e-mails, cartas e fizeram comentários no site. (Págs. 1, 29 e Sr. Redator, 14)

Transporte: Ônibus caro pode custar empregos

Moradores do Entorno temem que o aumento das tarifas provoque a demissão de quem trabalha no DF. Os patrões chegam a gastar 61% a mais com o transporte deles. (Págs. 1 e 23)
Seca: 86 focos de incêndio num só dia
A Floresta Nacional e áreas próximas ao Aeroporto JK foram alguns dos locais atingidos ontem pelo fogo. A umidade relativa do ar caiu para 19%. (Págs. 1 e 24)
Chávez raspado
Venezuelano muda o visual
Em tratamento contra o câncer, ele garante estar eleito em 2012. (Págs. 1 e 17)
À prova de gripe
Anticorpo resiste a todos os vírus Cientistas anunciam a descoberta de célula que pode gerar vacina universal. (Págs. 1 e 19)
A batalha pelos votos do entorno
Partido de Agnelo Queiroz busca aliados para fazer frente à candidatura de Joaquim Roriz a prefeito de Luziânia. (Págs. 1 e 21)
Mais quatro áreas para os médicos
Conselho federal reconhece novas especialidades na saúde, entre elas as medicinas paliativa e tropical. (Págs. 1 e 9)
STF acaba com o registro de músicos
Supremo determina que o vínculo com a Ordem dos Músicos do Brasil não é mais obrigatório aos profissionais. (Págs. 1 e 25)

 
Opinião

Visão do Correio :: Massacre sírio
Ao futuro secretário :: Carlos Alexandre
A fragilidade na prevenção e no combate ao terror :: Lázaro Guimarães

Colunas

Brasil S/A :: Antonio Machado
Visto, Lido e Ouvido :: Ari Cunha
Nas entrelinhas :: Alon Feuerwerker
Brasília-DF :: Luiz Carlos Azedo
 
Política

Dilma enquadra todos os ministros
Temer é opção para a Defesa
Discurso no Senado
Ruralistas miram áreas de preservação
A nova ofensiva
Volta com a corda esticada
Para não desagradar o Planalto

 
Economia

Longe do calote, perto da recessão
"País está preparado"
Bolsas registram onda de prejuízos
Queda livre
HSBC corta 30 mil vagas
Produção encolhe
Indústria perde clientes
Invasão estrangeira
Os campeões dos celulares
Pioneirismo no 4G
Bancário quer 12,8%
BRB exclui sete cargos

Brasil

Brasília de todas as nações
De temporários a moradores fixos
Tratamento paliativo vira especialidade

 
Mundo

Uma afronta à ONU
Ele está no centro do horror
Chávez reaparece de cabelo raspado
Entrevista - Moshe Ya`alon

Cidades

Entorno mobiliza políticos do DF
Mudanças à vista no PT
Previsão estatutária
Aposentadoria de Durval é questionada
Músico livre de registro
União por alíquota de 7%
Faturamento 13,54% maior em maio
Fogo ameaça áreas ambientais

Nenhum comentário: