Loading...

9 de julho de 2010

RESUMO DOS JORNAIS: FOLHA DE SÃO PAULO



 
Manchete: Fundos viabilizam Belo Monte
Para o governo, participação de principais fundos de pensão de estatais permitirá erguer hidrelétrica no PA, orçada em R$ 25 bi

O governo convenceu os três principais fundos de pensão de empresas estatais a participarem do projeto de construção da hidrelétrica de Belo Monte (Pará).

A Folha apurou que a Funcef (Caixa Econômica Federal) e o Petrus (Petrobras) participarão diretamente da construção da usina com cotas de 7,5% e 10%.

A Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, participará via Neoenergia, empresa em que é sócia do grupo espanhol Iberdrola. A Neoenergia ficará com 10% da obra.

Segundo um auxiliar do presidente Lula, a participação dos fundos viabilizará o projeto, orçado em R$ 25 bilhões e prioritário para o Planalto em ano eleitoral - Dilma Rousseff, candidata do PT à Presidência, foi mentora da obra. (Págs. 1 e B1)

Goleiro Bruno viu a ex ser assassinada, diz delegado
Para a polícia de Minas, o goleiro Bruno presenciou Eliza Samudio ser morta. Ércio Firpe, que assumiu a defesa dele após o advogado do Flamengo abandoná-la, negou participação de Bruno e seus amigos no crime.

Segundo o delegado Edson Moreira, Eliza foi morta perto de Belo Horizonte pelo ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, conhecido como Bola. Preso ontem, ele também negou. (Págs. 1 e Cotidiano)

Cristina Grillo
Bebê esteve com Eliza durante o seu calvário (Págs. 1 e A2)

Foto legenda: Ao lado de Macarrão, Bruno segura bíblia em veículo policial; no destaque, Marcos Aparecido dos Santos, o Bola

Mercado teme sinais de nova recessão global em gestação
Indicadores de países desenvolvidos e da China ampliaram o receio de uma nova recessão, relata Érica Fraga. Há a possibilidade de um
"duplo mergulho” - após a contração em 2008, retração em 2011.
Há risco, diz John Bowler, da consultoria Economist Intelligence Unit. O Nobel Paul Krugman defende tese similar. Para o FMI, a
"turbulência financeira" ameaça a economia. (Págs. 1 e B3)

'Ficha-suja' pode fazer resultado de eleição atrasar
A participação de candidatos "fichas-sujas" na eleição, amparados em brechas na Lei da Ficha Limpa que permitem recurso eliminar, pode atrasar o resultado.
Muitos dos "fichas-sujas" poderão ter registros cassados só depois da eleição, o que obrigaria a refazer a totalização dos votos. (Págs. 1 e A4)

Senador do PSDB é investigado pelo Supremo
O Supremo Tribunal Federal investiga o senador tucano Marconi Perillo, candidato ao governo de Goiás, pela suspeita de ele ter recebido R$ 2 milhões de propina de frigoríficos. A defesa alega inocência. (Págs. 1 e A7)

Receita admite acesso a dados fiscais de tucano
A Receita admite que servidores consultaram dados fiscais de Eduardo Jorge, dirigente do PSDB, e apura se a consulta teve motivação ilegal. Dossiê feito pela campanha do PT trazia informações sobre o tucano. (Págs. 1 e A6)

Floresta tropical faz 1/3 de toda a fotossíntese da Terra, diz estudo (Págs. 1 e A14)

Boa notícia: Emprego industrial cresce pelo quinto mês consecutivo (Págs. 1 e B4)

Editoriais
Leia "Sem perspectiva", sobre a relação EUA-Israel; e "Polícia conciliadora", acerca da solução de delitos por meio de entendimento entre as partes. (Págs. 1 e A2)

Primeira Página
Fundos viabilizam Belo Monte
'Ficha-suja' pode fazer resultado de eleição atrasar
Senador do PSDB é investigado pelo Supremo
Receita admite acesso a dados fiscais de tucano

Editorial
Sem perspectiva
Polícia conciliadora

Opinião
São Paulo - Fernando de Barros e Silva: Bugres e caciques
Brasília - Melchiades Filho: Teste de resistência
José Sarney: Silêncio
Aliança do PT com PMDB causou "vexame" a Dilma, afirma Marina

Colunas
Painel
Janio de Freitas
Toda Mídia :: Nelson de Sá
Mônica Bergamo
Mercado Aberto
Rodolfo Landim

Tendências | Debates
Ivan Valente: A urgência da auditoria da dívida pública
Marco Antonio Villa: 1932 - Constituição e cidadania

Poder
Recurso de "ficha-suja" pode atrasar resultado de eleição
Coeficiente define número de eleitos por coligação
IR de tucano foi acessado, admite Receita
STF abre inquérito contra senador do PSDB
Defesa diz que Perillo é inocente e não participou de elaboração de lei
Falar em reajuste de mínimo é eleitoreiro, afirma Dilma
No Rio, Serra faz promessas para saúde, educação e transportes
Reduzido no Brasil, Fome Zero é levado para a Zâmbia
Após pedágios, Alckmin agora vê falta de leito em SP
PSDB apura tucanos em ato pró-Dilma

Mercado
Fundos garantem obra de Belo Monte
Os percalços de Belo Monte
Cresce temor de uma nova recessão no próximo ano
PT pode vender Vivo e continuar sócia
Anatel inicia análise sobre qualidade
Pane da Claro em SP segue sem explicação
Telecomunicações, planejamento e instituições
Emprego no setor industrial tem avanço pelo 5º mês seguido
Pequenas empresas estão mais otimistas
Safra deve igualar recorde de 2008
Bioeletricidade vai reforçar a matriz energética no Brasil
Petroleiras perdem espaço em lista das maiores firmas globais
Ibama lança ofensiva nos principais portos do país
Projeções apontam crescimento medíocre nos países avançados
Ásia continua a puxar avanço global, vê FMI
Bolsa de SP encerra semana mais curta com ganho acumulado de 3,3%

Mundo
Magistrados saem em defesa de colega refugiado no Brasil

Ciência
Florestas tropicais são maiores "máquinas" de absorver CO2

Cotidiano
PF prende 17 por tráfico internacional
Governo libera caminhões com excesso de peso e ameaça estradas
Divórcio rápido já provoca dúvidas
"A festa está marcada e a gente não pode casar", diz Viviane
Divórcio será "rapidíssimo", diz professor
Plano pagará médico por desempenho

Esportes
Cartola afirma que está tudo em dia com estádios da Copa-2014
Fifa vai dividir Brasil em 4 regiões no Mundial-14
De saída, Lula prevê Copa "inesquecível"
Festa tem música, vídeo, piadas e gafes
Prazo de SP está no fim, diz Teixeira
Para comitê paulista, Pirituba é só joguete


Nenhum comentário: