Loading...

12 de julho de 2010

RESUMO DOS JORNAIS: ESTADÃO



Manchete: País quer pagar ONU para reaver US$ 3 bi
Para agilizar a repatriação de recurso enviado ilegalmente ao exterior, novo secretário de Justiça propõe doar parte às Nações Unidas
Com o objetivo de acelerar a repatriação de US$ 3 bilhões bloqueados em paraísos fiscais, o Brasil quer ser o primeiro país a doar para as Nações Unidas parte dos ativos recuperados. O dinheiro é resultado de práticas de corrupção, sonegação e narcotráfico. A proposta é do novo secretário nacional de Justiça, Pedro Vieira Abramovay. "A gente quer ser o primeiro país a fazer isso para que a ONU se torne um agente de convencimento e o dinheiro volte mais rápido ao Brasil." Abramovay ocupa o cargo em substituição ao delegado Romeu Tuma Júnior, exonerado após uma série de reportagens do Estado, que revelou seu envolvimento com Li Kwok Kwen, conhecido como Paulo Li - suspeito de integrar a máfia chinesa. (Págs. 1 e Nacional A4)

US$ 2,6 milhões foram repatriados em sete anos
Plano oficial incentiva o fumo
Formulado pela Câmara Setorial do Tabaco, ligada ao Ministério da Agricultura, documento sugere a adoção de ações que contrariam acordo assinado pelo Brasil com medidas para reduzir e prevenir o tabagismo. O plano prevê captação de recursos para desenvolvimento do fumo e criação de linhas de crédito para o setor. Também sugere a redução de impostos na fabricação de charutos e o retorno dos maços de 10 cigarros. (Págs. 1 e Vida A12)

Plataformas em mãos estrangeiras
Lula criticou o volume de encomendas feitas fora do País, mas a indústria naval ainda depende de compras no exterior. Novas plataformas têm só casco nacional. (Págs. 1 e Economia B1)

Direto da Fonte: "Gosto de ser Marisa"
Em entrevista exclusiva, a primeira-dama diz que ex-presidente não tem de se meter no governo e imagina como será a vida a partir de 2011. (Págs. 1 e D2)

Polícia deve acarear os primos de Bruno (Págs. 1 e Cidades C3)

Ben Sangari: O futuro da educação
O Brasil já deu a largada para lançar a educação a patamares desejáveis no século 21. Agora necessitará de uma política consistente e sustentável. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)

Pedro Doria: A campanha está na rede
Os candidatos já têm suas estruturas de mídias sociais. O que não há é gente escrevendo nos blogs e no Twitter. É muita torcida e pouca informação. (Págs. 1 e Link L7)

Notas & Informações: Recorde de contratação
Ao inflar a folha de pagamento, o governo reduz sua capacidade já exígua de investimentos. (Págs. 1 e A3)

Primeira Página
País quer pagar ONU para reaver US$ 3 bi
Plano oficial incentiva o fumo
Plataformas em mãos estrangeiras

Editorial
Recorde de contratação
Lenta redução da burocracia

Espaço Aberto
Educação, ciências e o futuro do Bric :: Ben Sangari
STF - formalismo versus cidadania :: Carlos Alberto Di Franco

Colunas
Direto da fonte :: Sonia Racy

Opinião
Muita demanda para pouca poupança :: Raul Velloso
Por uma agência nacional de inovação :: Glauco Arbix

Nacional
Brasil quer dar comissão à ONU para repatriar US$ 3 bi bloqueados lá fora
Congresso avalia a criação de conselho para fiscalizar TCEs
O 'dilmômetro' de Lula
Dilma não detalha ideias, mas quer voto feminino
Gênero está em evidência, diz ministra
Arrasta-pé em busca do voto
Alencar faz cateterismo e passa bem
Sayad nega ingerência política na TV Cultura
Programa de Serra vai destacar saúde da mulher

Economia
Estrangeiros dominam plataformas
Petrobrás só encomenda 10% ao setor de máquinas
Navios e embarcações de apoio viabilizaram 2 estaleiros
Briga pela Vivo mostra relevância do Brasil
Perspectivas de longo prazo são atrativos para europeias
Contribuição do Brasil vai além do setor de telecom
Construtora vai ao supermercado vender imóvel
Empresas mudam a abordagem para atingir a classe C
Estados querem mais verba federal para habitação
'O papel do governo é ser indutor de financiamentos para moradia'
Poupança também bate recordes de captação
Cresce a produção de peixe em hidrelétrica
Margem de lucro de produtor oscila entre 80% e 100%
Os 28 dias que mudaram a Lupatech
'Quem faz casas para os pobres é o Estado, não a iniciativa privada'

Vida&
Comissão do governo aprova plano de incentivo à produção de fumo no País
Indústria do tabaco ajudou a promover fumódromos
Projeto que proíbe fumar ainda aguarda avaliação

Internacional
A liberdade está em declínio no mundo

Metrópole
Urbanização dos morros também ganha suas intervenções de grife

Caderno 2
Ministro da Cultura participa de debate no Itaú Cultural

Esportes
Na sala vip, heróis e ditadores juntos
Lula vai elevar limite da dívida das cidades-sede




Nenhum comentário: