Loading...

25 de julho de 2011

Resumo dos Jornais:CORREIO BRASILIENSE




Primeira página

Manchete: Polícia mata uma pessoa no Brasil a cada cinco horas

São 141 assassinatos por mês ou 1.693 por ano. Bastariam esses dados para colocar a polícia brasileira como uma das mais violentas do mundo. Mas a realidade ainda é bem pior. Esses números, levantados pelo Correio, estão baseados apenas em informações oficiais do Ministério da Saúde e das secretarias de Segurança Pública de São Paulo e do Rio de Janeiro. Nessa guerra, as principais vítimas são jovens de 15 a 29 anos (70%). No Rio, no ano passado, as ações de agentes civis e militares resultaram na morte de 545 pessoas, o maior número do país. Entidades não governamentais também acreditam que esses dados são subestimados. No Distrito Federal, por exemplo, o sistema de informação da pasta registrou somente três óbitos desde 2004.

UNE no poderLigados ao PCdoB, maioria dos ex-dirigentes da União Nacional dos Estudantes ocupa hoje cargos no Ministério do Esporte. (Págs. 1 e 5)

Corrupção em obras do PAC

Batalhões de Engenharia do Exército que tocam projetos em rodovias federais são o novo foco de desvio de dinheiro público. Justiça Militar e MP apuram denúncias. (Págs. 1 e 2)

Opinião

Visão do Correio :: Excluídos têm de ser localizados

As queixas de Lula :: Rubem Azevedo Lima

O desafio da banda larga popular :: Antonio Ribeiro dos Santos



Colunas

Nas entrelinhas :: Alon Feuerwerker

Brasil S/A :: Márcio Pacelli



Política
Irregularidade de farda
Refresco para o PR no recesso
Frente LGBT entra em crise no Congresso
Movimento dividido
Da UNE direto para a Esplanada
Seduzidos pelo Planalto
Quatro perguntas para - Daniel Iliescu
Ex-presidentes de sucesso

 

Economia
Alta concentração
Participação estatal
Um fim de semana de conversas em vão

Brasil
Em 5 horas, um policial vai matar alguém

Mundo
Chávez se diz livre de "células malignas"































Nenhum comentário: