Loading...

31 de julho de 2011

Resumo dos Jornais: O ESTADO DE SÃO PAULO



Primeira Página



Manchete: País não pode 'ficar para trás' na guerra cambial, diz Mantega

Ao 'Estado", ministro diz que é preferível defender a indústria a usar o câmbio para combater a inflação



O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirma que a recente intervenção no câmbio tem como objetivo garantir a competitividade da indústria nacional. Segundo o ministro, o governo não vai deixar o real se fortalecer para combater a inflação, como defendem alguns economistas. "O dólar a R$ 1,20 ia colaborar tremendamente, mas aí acabava com a indústria nacional”, disse o ministro, em entrevista ao Estado. Para Mantega, “está todo mundo brigando pelos mercados” e uma das estratégias dos países é manipular o câmbio. "Não podemos ficar para trás nessa brincadeira." Mantega demonstra ainda preocupação com a crise nos EUA. ''É bom que eles resolvam logo essa situação, que está causando inquietação no mundo todo." (Págs. 1 e Economia B4 e B5)



Guido Mantega

Ministro da Fazenda



“Se o bom senso não prevalecer, eles vão acelerar a decadência americana" . (Pág. 1)



Sob pressão, Senado vota plano nos EUA

O Senado americano, dominado pelo Partido Democrata, planeja votar na madrugada de domingo uma nova proposta para elevar o teto da dívida dos EUA. Com a iniciativa, os democratas esperam deixar os republicanos, que controlam a Câmara, em uma encruzilhada. Se não aprovarem o plano, podem ser responsabilizados pelo fracasso das negociações. (Págs. 1 e Internacional A24 e A25)

Obras do Dnit já tem custo de R$ 2,6 bi acima do previsto

Obras em andamento administradas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes já tiveram acréscimos de preços de R$ 2,6 bilhões. Dos contratos, 14% tem aditivos acima do limite legal, de 25% do preço inicial. Segundo o Dnit, a maioria dos aditivos de mais de 25% atinge apenas serviços continuados, como manutenção de rodovias. (Págs. 1 e Nacional A8)

Empresários vão às compras na China

Com o dólar em baixa, as federações de indústria organizam caravanas de empresários brasileiros para a China, em busca de máquinas, insumos e produtos acabados. (Págs. 1 e Economia B1)

Notas & Informações

A censura se eterniza



Uma questão de princípio e uma anomalia institucional mantém este jornal sob censura há dois anos. (Págs. 1 e A3)

Sob pressão, Senado vota plano nos EUA

Obras do Dnit já tem custo de R$ 2,6 bi acima do previsto

Empresários vão às compras na China



Editorial

A censura se eterniza

O crédito habitacional

A CUT contra o resto

A melhora dos resultados da Previdência Social



Espaço Aberto

Um socialismo por inventar :: Luiz Sérgio Henriques

O poder pelo poder :: Gaudêncio Torquato



Colunas

Celso Ming

Dora Kramer

Direto de Brasília :: João Bosco Rabello

Affonso Celso Pastore

Amir Khair

Ethevaldo Siqueira

Direto da Fonte :: Sonia Racy

Alberto Tamer



Opinião

Corrupção - cortar o mal pela raiz :: Suely Caldas



Nacional

Técnicos do TCU acusaram dirigente da Valec de 'dilapidação do patrimônio'

Superintendente do Dnit do Rio é alvo de inquérito criminal da PF

Obras do Dnit já custam R$ 2,6 bi acima do previsto

Assessoria diz que ministro vai analisar propostas de engenheiros

Estrada segue ruim após 14 contratos para obras

Política de vale-tudo e voto a R$ 50

Gabrielli tem agenda de candidato na Bahia

Presidente da Petrobras se cala sobre 2014

FAB recebe avião de patrulha modernizado

Técnicos da ANTT devem substituir demitidos na faxina

Nova agenda desafia os velhos partidos



Economia

Federações de indústrias montam caravanas para fazer compras na China

Panorama Econômico

País ganha 5 mil importadores este ano

''O Brasil não pode ficar para trás na disputa cambial''

No Brasil, Keynes se sentiria em casa

Secretário do governo Dilma se identifica com economista

Teoria de Keynes chegou cedo ao País

Concessões travam 3º aeroporto em S.Paulo

Para especialistas e empresas, obra é viável

AE Broadcast lança serviço 24 horas

Nova classe média tem mais jovens e empregos formais

Segmento exige políticas sociais mais complexas

Brasileiros buscam imóveis na Flórida

''Mercado dos EUA ficou barato para os brasileiros''

Gasto público impede expansão media de 5%



Vida&

Medicinas da dor, do sono, tropical e paliativa se tornam especialidades

Redes colocam notas e metas na porta das escolas



Internacional

''Não podemos tratar Breivik como um louco''

''Estamos sob enorme pressão''

Longe do consenso, Senado vota novo plano

Eleições de 2012 estão na origem do impasse

Mundo pede solução para crise americana



Especial

Dois anos de mordaça

A longa luta pelo direito de informar

Entenda a batalha judicial do 'Estado'

'Censura judicial é fenômeno crescente', diz advogado do 'Estado'

'Não há liberdade de imprensa pela metade', diz Ayres Britto

Segredo é só do juiz

'Censura togada' bloqueia o interesse público

Em dois anos, 17 casos de censura judicial no País

O desafio da censura na América Latina :: Carlos Lauria

O desejo de censura :: Eugênio Bucci



Aliás

Prévias? Não no meu partido

Nenhum comentário: